Voltar

Notícias

Publicado em 09/04/2013

Lance seguro

Adquirir um imóvel sem ter de se preocupar com as taxas de juros e ainda poder usar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para dar o lanc

Adquirir um imóvel sem ter de se preocupar com as taxas de juros e ainda poder usar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para dar o lance. Essas são algumas das vantagens que levam muitos a se associarem a consórcios imobiliários. Marco Aurélio Müller, presidente da regional sul da Associação Brasileira de Administradores de Consórcios (ABAC), afirma que a modalidade vive um momento positivo e que, ao contrário de outros segmentos da economia, o setor será beneficiado pela crise financeira iniciada nos Estados Unidos. – As pessoas ficam mais cautelosas para assumir dívidas que são corrigidas pela taxa de juros e vêem no consórcio uma saída segura – diz. Müller destaca que o brasileiro tem ponderado mais sobre a real necessidade de adquirir o bem e, nos casos em que pode esperar um pouco mais, o sistema de consórcios tornou-se uma alternativa atraente. Leandro Máximo, analista setorial da Lafis Consultoria, concorda: – A modalidade é boa opção para quem não tem pressa e não vive de aluguel. Porém, se a pessoa tem orçamento apertado e paga para morar, há risco de ter um prejuízo porque a espera para ser sorteada pode ser longa. O funcionamento do consórcio imobiliário é semelhante ao de automóveis. O consumidor começa a pagar as mensalidades e, quando é sorteado (ou faz um lance maior do que o de outros cotistas), recebe uma carta de crédito para a compra. Além de uma taxa administrativa, que pode variar de 12% a 18%, as parcelas são reajustadas de acordo com o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), da Fundação Getulio Vargas (FGV). Segundo especialistas, comprar um imóvel por consórcio pode sair mais barato do que financiar, mas é preciso tomar cuidados. É importante estar preparado para lidar com a eventual demora na contemplação. A opção também exige disciplina para pagar as parcelas. O inadimplente que ainda não foi sorteado pode ser excluído do grupo a partir do primeiro mês de atraso. Quem já recebeu o imóvel e atrasa o pagamento corre o risco de perder o bem. Vantagens - Juros menores do que os do financiamento. - Possibilidade de usar o FGTS para dar um lance. - Flexibilidade de planos e prazos. Desvantagens - O tempo que o consorciado terá de aguardar para receber a carta de crédito é indefinido. - Se algum cotista se tornar inadimplente, as prestações dos outros aumentam. - No caso da rescisão do contrato, tem de se esperar até que todos os outros participantes recebam os bens para reaver o dinheiro. DICA Antes de entrar em um consórcio, procure se informar a respeito da integridade da empresa contratada. No site do Banco Central (www.bcb.gov.br) é possível verificar quais são as administradoras autorizadas a operar nesse sistema.

canal de relacionamento triângulo e você